AlcocheteDistritoDistrito SetúbalJustiça

Inovação Tecnológica na Segurança Rodoviária debatida em Alcochete

publicidade

O Comando Territorial da GNR de Setúbal e a AISET – Associação da Indústria da Península de Setúbal vai realizar esta terça-feira um Open day, com o tema da Inovação Tecnológica na Segurança Rodoviária, no Fórum Cultural de Alcochete.

A iniciativa decorre no âmbito das Comemorações do Dia da Unidade 2019, durante as quais o Comando Territorial de Setúbal irá realizar um conjunto de ações durante os meses de Abril e Maio.

A primeira destas ações iniciar-se-á com a realização de uma Conferência sob a temática inovação tecnológica na segurança rodoviária, pelas 14h30, no Fórum Cultural de Alcochete.

A Guarda Nacional Republicana, através do Comando Territorial de Setúbal, é responsável pelo policiamento em geral, e em particular pela ação de prevenção rodoviária de cerca de 96% do território do distrito de Setúbal, perfazendo, no total, uma área de cerca de 5.000 km2.

Este território é atravessado por um importante conjunto de vias rodoviárias e de obras de arte, designadamente a Ponte Vasco da Gama, e pela existência de urbes com elevado fluxo de trânsito nas respetivas vias.

Os últimos dados disponíveis (2018) indicam que mais de 10% da sinistralidade grave do país ocorreu no distrito de Setúbal.

Esta Conferência constitui mais uma contribuição do Comando Territorial da GNR de Setúbal para procurar encontrar soluções preventivas complementares à tradicional, mas essencial, presença policial.

No  plano  da  inovação  e  da  investigação  científica,  poderemos  integrar  o  Projeto MOPREVIS MOdelação e PREdição de acidentes de VIação no distrito de Setúbal, investigação em curso que tem como parceiros o Comando Territorial da GNR de Setúbal e a Universidade de Évora, com financiamento da Fundação para a Ciência e Tecnologia no âmbito da Inteligência Artificial na Administração Pública.

Nesta conferência será dado a conhecer a investigação mais recente no âmbito da prevenção e deteção de acidentes e compreender em que medida é que os produtores automóveis contribuem para a prevenção da sinistralidade.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui