Política

Iniciativa Liberal de Almada quer respostas acerca da suspensão da campanha de vacinação

publicidade

A Iniciativa Liberal Almada exige explicações da autarquia de Almada, acerca da suspensão da campanha de vacinação na comunidade que estava em curso desde Novembro na Unidade Móvel de Saúde.

De acordo com o Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) de Almada-Seixal, a vacinação contra a gripe foi suspensa devido a um número insuficiente de vacinas, face ao número de utentes identificados para vacinação.

Num comunicado enviado às redações, os liberais recordam as palavras de Marta Temido, em que a ministra da Saúde assegurava no dia 19 de Outubro que não faltariam vacinas contra a gripe para doentes crónicos e pessoas com mais de 65 anos.

«Na realidade, faltam vacinas nas farmácias e a suspensão da campanha de vacinação da Unidade Móvel de Saúde, põe em causa a vacinação de milhares de pessoas que não têm acesso aos centros de saúde.

A Iniciativa Liberal, vem desta forma, desafiar a autarquia Almadense e o ACES Almada- Seixal a retomar o quanto antes esta campanha de vacinação, e o governo para que disponibilize o mais rapidamente vacinas para toda a população de risco do concelho de Almada.»

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui