AtualidadePolítica

Iniciativa Liberal de Almada alerta para possível ruptura da urgência geral do Hospital Garcia de Orta

publicidade

A Iniciativa Liberal Almada enviou um comunicado às redações no qual exige «explicações do governo e da autarquia de Almada acerca do funcionamento da urgência geral do Hospital Garcia de Orta (HGO).

De acordo com o Sindicato Independente dos Médicos as escalas de urgência não contam com o número mínimo de especialistas em medicina interna e de outras especialidades, o mesmo sindicato denuncia ainda o espaço muito reduzido em que funciona a urgência geral, sendo muito difícil a criação de circuitos independentes de doentes respiratórios e não-respiratórios.

O HGO abrange cerca de 350.000 habitantes e tem uma afluência média de 300 doentes por dia na urgência geral. Ainda nas últimas eleições o Partido Socialista prometeu a construção de um Hospital no Seixal, o que permitira retirar pressão sobre a urgência geral do HGO, mas mais uma vez falhou essa promessa.

A Iniciativa Liberal Almada desafia o governo e a autarquia a dar resposta aos milhares de pessoas que necessitam do HGO para cuidarem da sua saúde e que não permitam o encerramento da urgência geral, à semelhança do que aconteceu com a urgência pediátrica, encerrada após as 20 horas e aos fins-de-semana.»

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui