AtualidadebombeirosDestaquePaís

Incêndios: Cerca de 40 concelhos de sete distritos em risco máximo

publicidade

Neste risco estão cerca de 40 concelhos de Faro, Portalegre, Santarém, Castelo Branco, Guarda, Viseu e Bragança.

O IPMA colocou também em risco muito elevado e elevado de incêndio vários concelhos de todos os distritos (18) de Portugal continental.

Segundo o IPMA, pelo menos até ao fim da semana vai manter-se o risco de incêndio máximo e muito elevado em vários concelhos do continente por causa do tempo quente.

O risco de incêndio determinado pelo IPMA tem cinco níveis, que vão de reduzido a máximo.

Os cálculos são obtidos a partir da temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação nas últimas 24 horas.

O IPMA prevê a continuação de tempo quente com uma descida temporária de temperatura hoje menos significativa em Trás-os-Montes e na Beira Alta, e uma subida gradual a partir de quinta-feira.

De acordo com o IPMA, durante os próximos dias a temperatura máxima deverá variar entre os 30 e 35 graus na generalidade do território, com valores ligeiramente inferiores junto à faixa costeira (entre 25 e 30 graus), e devendo atingir valores entre 35 e 40 graus em algumas regiões do interior.

A partir da noite de quinta para sexta-feira, prevê-se também uma nova subida dos valores da temperatura mínima. Os valores deverão variar entre 15 e 25 graus, sendo mais elevados no interior e no sotavento algarvio.

Hoje e quinta-feira está prevista alguma instabilidade no interior norte e centro com ocorrência de aguaceiros, que poderão ser de granizo e acompanhados de trovoada.

Na origem do tempo quente está “um anticiclone localizado sobre a região dos Açores, que se estende em crista até ao Golfo da Biscaia, em conjunto com uma depressão centrada no interior da Península e a aproximação de um vale em altitude, que originam o transporte de uma massa de ar quente do norte de África com instabilidade no interior e subida de temperatura nos próximos dias”, segundo o IPMA.

Por causa do tempo quente, o IPMA colocou sob aviso amarelo os distritos da Guarda, Bragança e Vila Real até às 18:00 de sexta-feira.

O IPMA colocou também os distritos de Viana do Castelo, Porto, Vila Real, Bragança, Viseu e Guarda sob aviso amarelo devido à previsão de aguaceiros por vezes fortes, ocasionalmente de granizo e acompanhados de trovoada.

O aviso amarelo é emitido pelo IPMA sempre que existe uma situação de risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.

Por causa das elevadas temperaturas, a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) decretou na segunda-feira a passagem de 10 distritos, maioritariamente no interior, ao estado de alerta especial laranja devido a risco de incêndio rural muito elevado ou máximo.

A ANEPC, através do seu comando nacional, decretou a passagem para o estado de alerta especial laranja para os seguintes distritos: Beja, Bragança, Castelo Branco, Évora, Faro, Guarda, Portalegre, Santarém, Vila Real e Viseu”.

Mantém-se o estado de alerta especial amarelo para os restantes distritos do país.

 

Ler mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui