Incendiária reformada em prisão preventiva

Mulher de 75 anos, reformada, foi detida pela Polícia Judiciária por suspeitas de fogo posto em Cantanhede, distrito de Coimbra.

Idosa detida pela GNR. FOTO: DR
publicidade
Tempo de Leitura: < 1 minuto

Uma mulher de 75 anos foi detida pela Polícia Judiciária, após uma investigação em colaboração com a GNR de Cantanhede, por suspeitas do crime de incêndio florestal.

A mulher é reformada e, segundo a PJ, terá utlizado um isqueiro e uma acendalha para atear fogo numa zona florestal, de pinheiro bravo e de mato. O incêndio deflagrou na sexta-feira numa localidade de Cantanhede e só não teve consequências mais graves devido à rápida intervenção dos bombeiros.

Presente a tribunal, o Juiz de Instrução Criminal entendeu decretar à idosa a medida de coação mais gravosa, a prisão preventiva.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Insira o seu comentário
Nome