AlmadaPolítica

IL Almada quer esclarecimento sobre seguro de 100.000 euros contratado pela autarquia

- publicidade -

Em nota enviada às redações, a Iniciativa Liberal Almada explica que solicitou informações ao executivo camarário sobre um ajuste directo para uma apólice de seguro no valor de cerca de 100.000 euros.

«Foi com alguma surpresa que a Iniciativa Liberal – Almada verificou, através de consulta ao portal Base, que a Câmara Municipal de Almada contratou por ajuste directo uma apólice de seguro cujo prémio é de quase 100.000 euros!» refere a nota.

tarot terapêutico

«Não se põe em causa a necessidade de a Câmara Municipal de Almada em contratar uma ou mais apólices de seguro, pois provavelmente está a cumprir uma obrigação legal e a proceder a uma boa gestão do risco» no entanto a IL Almada «considera urgentes serem esclarecidas questões como o da necessidade imperiosa e urgente da mesma, o que motivou esta contratação e o que de tão urgente motivou a dispensa de um concurso público ou outra forma de legalmente prevista para a seleção do adjudicador desta(s) apólice(s)».

A IL Almada questiona ainda se «foi realizado anteriormente um concurso ou outra forma de contratação pública legalmente previstas? Se sim, os prémios propostos foram todos superiores ao entretanto contratado?» bem como se foram consultados outros intervenientes no sector e quais os prémios apresentados, além de pretenderem informação sobre «o que está a ser coberto por esta(s) apólices? É o património imobiliário da Câmara Municipal? Alguma proteção legal aos trabalhadores municipais? Um seguro de responsabilidade civil? E quais os capitais seguros envolvidos?».

São questões «simples e que a Iniciativa Liberal – Almada quer ver esclarecidas, a bem da transparência e do bom uso dos dinheiros dos almadenses».

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui