DistritoDistrito SetúbalSetúbal

II Conferência Internacional «Riscos, Segurança e Cidadania» decorre em Setúbal

publicidade

Durante dois dias a cidade de Setúbal recebe a II Conferência Internacional Riscos, Segurança e Cidadania sob o tema «Gestão do Risco e Alterações Climática», um evento de referência em matéria de proteção civil, com abertura e encerramento no Fórum Municipal Luísa Todi.

O canal de YouTube da autarquia ‘Município de Setúbal’ assegura a emissão vídeo do Fórum Municipal Luísa Todi desde a abertura, dia 28, às 09h00, até ao encerramento, dia 29, agendado para as 18h00.

A conferência decorre em vários espaços da cidade, numa organização da Câmara Municipal, do Centro de Estudos e Intervenção em Proteção Civil, do Instituto de Geografia e Ordenamento do Território e do Instituto Politécnico de Setúbal.

No dia 29, o encontro no Fórum Luísa Todi começa às 09h30 com o Serviço Municipal de Proteção Civil e Bombeiros de Setúbal a apresentar a “Atividade de Proteção Civil no Concelho de Setúbal”.

A sessão de encerramento do encontro, às 18h00, está a cargo de Augusto Mateus, professor catedrático que coordenou a equipa responsável pela elaboração do Plano Estratégico de Desenvolvimento de Setúbal 2026, que explana sobre a temática “De Setúbal para o Mundo”.

O encontro, com um total de 23 oradores internacionais e oito nacionais, já com mais de três centenas de inscrições, conta com diversas sessões temáticas a realizar no Fórum Municipal Luísa Todi e nos auditórios da Escola de Hotelaria e Turismo de Setúbal, da Administração dos Portos de Setúbal e Sesimbra e da Biblioteca Pública Municipal de Setúbal.

A II Conferência Riscos, Segurança e Cidadania inclui no programa de dia 29, no auditório da Biblioteca Pública Municipal de Setúbal, nomeadamente, a apresentação, às 14h30, “Monitorização Sismo Vulcânica nos Açores”, por Teresa Ferreira, do Departamento de Geociências da Universidade dos Açores.

Já no auditório da Escola de Hotelaria e Turismo de Setúbal, destaque para uma intervenção, às 14h00, sobre “A Extensão da Plataforma Continental de Portugal – Responsabilidades do Estado Português na Preservação dos Oceanos”, a cargo de Tiago Cunha, da Fundação Oceano Azul.

O auditório da Administração dos Portos de Setúbal e Sesimbra é outro dos locais que acolhem a conferência internacional. Neste caso, entre várias apresentações, destaque para um painel subordinado à temática “Estratégias de Gestão da Água no Combate à Desertificação do Território”, às 14h00, por Maria José Roxo, da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa.

Para aceder ao programa completo a informação está disponível em www.smpcb.pt/icrsc2019/pt/

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui