Setúbal

Hospital de Setúbal admite dificuldades mas garante “urgências a funcionar normalmente”

O Hospital de Setúbal admitiu dificuldades na contratação de médicos para urgências, mas garantiu que o serviço "está a funcionar normalmente".

O Hospital de Setúbal admitiu dificuldades na contratação de médicos para urgências, mas garantiu que o serviço “está a funcionar normalmente”.

Numa resposta divulgada pela Lusa, o gabinete de comunicação do Centro Hospitalar de Setúbal refere que o “Serviço de Urgência Geral está a funcionar normalmente e de forma articulada com os hospitais da Península de Setúbal, apesar das dificuldades que temos tido na contratação de profissionais para constituição de escalas e não comprometendo o gozo de férias por parte dos nossos colaboradores que se acumularam em virtude da total dedicação ao surto pandémico”.

Recorde-se que hoje o Sindicato Independente dos Médicos alertou para falta de médicos nas escalas de Urgência no Hospital de Setúbal.

No entanto, o número de médicos no hospital tem aumentado nos últimos três anos no Centro Hospitalar de Setúbal, revelou o gabinete de comunicação: Passou de 393 mais 82 em regime de “prestação em regime individual”, em 2018, para 400 mais 100 prestadores de serviços em 2020, não tendo fornecido números relativos a 2021.


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *