AtualidadeInternacional

Homicidas de casal madeirense na África do Sul foram detidos

Autoridades capturaram homens que assassinaram casal português na África do Sul

publicidade

Dois homens de 36 e 37 anos, suspeitos do homicídio de um casal madeirense que vivia na cidade de Christiana, foram detidos esta quinta-feira pelas autoridades sul-africanas.

Os suspeitos vão comparecer em tribunal para conhecer as medidas de coação tidas como adequadas, esta sexta-feira e ambos vão responder pelo crime de homicídio e um deles também pelo roubo de um cabo elétrico, um crime cometido na mesma cidade.

Durante a detenção, os agentes recuperaram alguns pertences às vítimas, como roupas, mantimentos e uma mala.

No domingo Dinis Fernando da Silva, de 74 anos, e a mulher, Maria Goreti da Silva, de 71, foram encontrados mortos, no interior de um estabelecimento do qual eram proprietários. Segundo a polícia sul-africana, os corpos foram avistados por um cliente, que estranhou que o estabelecimento estivesse fechado e espreitou pela vitrine.

Quando as autoridades chegaram ao local encontraram os cadáveres caídos no chão, com as mãos amarradas com braçadeiras e com múltiplos ferimentos de faca na zona do pescoço.

Este é o segundo homicídio em poucas semanas de empresários emigrantes portugueses. No início de Agosto, Luís Pereira abriu a porta da residência a dois homens que lhe pediram comida e acabou assassinado e a esposa barbaramente espancada, em Litle Falls.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui