AtualidadeDestaqueJustiça

Homicida do rapper Mota Jr caçado pelo SEF

As autoridades policiais portuguesas desencadearam uma caça ao homem em terras de sua majestade, mas sem qualquer êxito na detenção dos suspeitos, esta terça-feira o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) conseguiu deter Edi Barreiros no Aeroporto Francisco Sá Carneiro, no Porto. A detenção realizou-se perto do meio-dia, quando um dos três suspeitos aterrou naquele aeroporto.

Edi Barreiros que fugiu para Inglaterra mesmo antes do País ter entrado em estado de emergência, ele e mais dois suspeitos que estão à solta e que são procurados pelas autoridades naquele País, regressou a Portugal esta terça-feira num voo da Ryanair proveniente de Londres. Provinha de Stansted, periferia da capital inglesa, e a sua escolha terá recaído naquele aeroporto por ser menos controlado pelas autoridades. O suspeito escolheu a rota Porto, para tentar escapar a uma detenção, mas tudo terá corrido mal para este indivíduo, pois a sua detenção era iminente.

O voo chegou à cidade invicta pelas 11h50, e na altura da detenção, Edi Barreiros estava calmo e não resistiu quando abordado pelos agentes do SEF.

Um outro suspeito ainda terá comprado passagem, mas no dia arrependeu-se e não embarcou, refugiando-se na capital londrina e sem deixar qualquer rasto às autoridades.

Já Edi Barreiros, foi levado para Lisboa por elementos da PJ do Porto, será interrogado hoje por um juiz de instrução, no Tribunal de Sintra, para conhecer as medidas de coação.

No País de Gales a PJ já o tinha localizado em Manchester, juntamente com outro suspeito do rapto de Mota Jr., vários mandatos internacionais foram emitidos e as autoridades inglesas estão no terreno para encontrar mais dois dos suspeitos da morte do rapper.

[themoneytizer id=”61056-28″]

 



Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.