Justiça

Homicída de ‘Sportinguista’ considerado inimputável e condenado a internamento psiquiátrico

- publicidade -

Paulo Lobo, que matou Amadeu Vieira de 65 anos de idade, conhecido como ‘Sportinguista’, foi considerado como ‘inimputável’ pelo Juízo Central Criminal de Almada, que deu provimento ao solicitado pelo Ministério Público daquela comarca.

Paulo Lobo foi condenado pelo pela prática de um crime de homicídio simples e um crime de incêndio, mas foi declarado ‘inimputável’ em virtude da anomalia psíquica grave de que padece.

tarot terapêutico

O Tribunal ordenou assim a sujeição do arguido à medida de segurança de internamento em estabelecimento psiquiátrico, com duração não inferior a três anos e máxima de 16 anos, conforme o acórdão a que o Diário do Distrito teve acesso.

O crime ocorreu no dia 21 de Outubro de 2019, quando após uma discussão entre o ex-professor de matemática e Paulo Lobo, que tinha vivido com este em criança, o homicida o agrediu violentamente.

Ficou provado que algumas das agressões ocorreram na escada do prédio, no Miratejo, Seixal, onde residia a vítima, tendo esta sido agarrada por uma das pernas e arrastado pelas escadas até ao exterior do edifício, sendo que ao longo desse percurso bateu com a cabeça nos vários degraus.

Já no exterior do prédio, enquanto Amadeu Vieira permanecia caído no chão, o agressor pegou em várias pedras da calçada e arremessou-as contra a cara e a cabeça da vítima, bem como lhe desferiu vários pontapés na zona da cabeça.

Depois disso, o arguido entrou na residência da vítima e ateou fogo, provocando o pânico generalizado dos habitantes do prédio, após o que abandonou o local.

Em consequência das agressões, o ofendido sofreu várias lesões que foram causa direta da sua morte. Paulo Lobo viria a ser detido mais tarde, e tem aguardado o julgamento em prisão preventiva.

O inquérito foi dirigido pelo Ministério Público do Seixal do DIAP da Comarca de Lisboa, com a coadjuvação da Polícia Judiciária.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui