AlmadaAtualidadeCrimeDestaqueSeixal

Assaltantes dos CTT nas Paivas ficaram em prisão preventiva

- publicidade -

Os três homens que foram detidos pela PSP depois do assalto ao balcão dos CTT na Amora, Seixal, ficaram em prisão preventiva.

Os três suspeitos indiciados pela prática de dois crimes de roubo, foram presentes ao Juiz do Tribunal do Seixal pelo Ministério Público, e após primeiro interrogatório judicial, ficaram com a medida de coação de prisão preventiva.

Os três homens foram detidos no dia 10 de setembro, depois de roubarem, num primeiro momento, um automóvel depois de retirarem à força do seu interior a respetiva condutora, a qual também agrediram, no parque de estacionamento do Hospital Garcia de Orta.

De seguida, e utilizando o carro subtraído, os arguidos dirigiram-se aos CTT das Paivas, Amora. Chegados a este local, onde se encontravam funcionários e clientes, anunciaram estarem ali para fazer um assalto e exigiram que lhes fosse entregue dinheiro, tendo-se apropriado de 1985 euros.

A investigação prossegue sob a direção do Ministério Público do Seixal, do DIAP da Comarca de Lisboa, com a coadjuvação da Polícia Judiciária.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo