Cantinho da Bicharada

Homem suspeito de matar um cão no rio Arade foi constituído arguido

- publicidade -

Um homem de nacionalidade portuguesa foi hoje constituído arguido pela prática do crime de maus tratos a animais, depois de alegadamente ter atirado um cão à água, com dois tijolos amarrados à coleira, no rio Arade, junto à localidade da Mexilhoeira da Carregação, Lagoa, tendo provocado a morte do animal.

Na sequência de um alerta recebido ontem, 2 de fevereiro, através da GNR de Lagoa, dando conta da presença de um cão no rio Arade, o piquete da Polícia Marítima de Portimão deslocou-se de imediato ao local tendo retirado o corpo do animal da água com o apoio técnico da veterinária da Câmara Municipal de Lagoa, que o transportou posteriormente para o canil municipal.

O cão não tinha chip nem registo de identificação, tendo sido possível identificar o suspeito da prática do crime após diligências da Polícia Marítima junto de várias clínicas veterinárias.

O Comando-local da Polícia Marítima de Portimão elaborou o respetivo auto de notícia e irá prosseguir com o inquérito. O caso será posteriormente entregue ao Ministério Público.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui