Homem morre meia hora após ter alta médica em Braga

Septuagenário morre 30 minutos depois de levar alta nas urgências do Hospital de Braga.

0
177
Tempo de Leitura: < 1 minuto

O Ministério Público já abriu uma investigação ao caso de um homem de 70 anos que morreu 30 minutos depois de ter alta médica nas urgências do Hospital de Braga. O caso ter-se-á passado no dia 4 de janeiro de 2020.

O idoso chegou ao hospital pelas 09h00, queixava-se de dores numa virilha, numa perna, enjoos e tinha um historial de problemas cardíacos. Pelas 12h30 o médico das urgência deu alta ao utente, acabado pelo mesmo ser vítima de um enfarte fulminante, passados 30 minutos depois da alta. O homem já estaria em casa quando foi vítima do enfarte.

A morte foi comunicada ao Ministério Público que abriu um processo de investigação. O Hospital de Braga também abriu um inquérito interno para apurar o que falhou no atendimento ao idoso.

A família do falecido acusa o médico por não ter prestado atenção aos sintomas que o homem se queixava quando entrou nas urgências hospitalares.

DEIXE UMA RESPOSTA

Insira o seu comentário
Nome