JustiçaMontijo

Homem de 53 fica em prisão preventiva por abuso sexual de criança no Montijo

publicidade

Um homem de 53 anos de idade ficou em prisão preventiva, após ter sido detido por abuso sexual de crianças.

Os factos ocorreram no dia 24 de agosto de 2020, nas escadas do prédio onde a vítima, de 7 anos, vive com a mãe, no Montijo.

Aproveitando o facto de estar sozinho com a menor, com quem mantinha uma relação de proximidade e confiança, o arguido manteve relações sexuais com esta, só parando quando se aproximou uma vizinha da vítima.

O arguido trabalha na apanha da amêijoa, reside com a mãe e não tem antecedentes criminais.

O Ministério Público requereu a aplicação da medida de coação de prisão preventiva ao arguido, a qual foi aplicada pelo Juiz de Instrução Criminal.

A investigação é dirigida pelo Ministério Público do Montijo, do DIAP da Comarca de Lisboa, coadjuvado pela Polícia Judiciária de Setúbal.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui