DestaqueSeixal

Homem assassinado na Arrentela foi atleta do Sporting

- publicidade -

Ricardo Jaquité, o homem que na noite desta quarta-feira foi assassinado na Arrentela, era um conhecido atleta de triplo salto.

Nasceu a 17 de Agosto de 1989, natural do Seixal, e deixa duas filhas de tenra idade.

Ricardo Jaquité representou o Grupo Desportivo do Cavadas e o Pinhalnovense, mas foi como atleta da Casa do Benfica de Faro que se destacou, quando em 2008 foi Campeão Nacional Júnior no Triplo Salto.

Em 2010 já como atleta do JOMA, foi Campeão de Portugal do Triplo Salto no escalão de sub-23.

No final desse ano transferiu-se para o Sporting Clube de Portugal e, em 2011 durante os Campeonatos de Portugal em Pista Coberta, conquistou os títulos do Triplo Salto e do Salto em Comprimento no escalão de sub-23.

Em 2016 voltou a representar o Pinhalnovense, para no ano seguinte ingressar no Sp. Braga e em 2017 representou Portugal no Europeu de Selecções.

No ano de 2018 enquanto atleta do SP Braga, foi suspenso por 4 anos por doping, detetado aquando do Nacional de pista coberta, e viu anulados o seu recorde pessoal de 16,12, bem como os segundos lugares obtidos nos Campeonatos de Portugal da época anterior.

O homicídio terá tido origem numa discussão anterior, entre a vítima e o homicida, e esta tarde, Ricardo Jaquité dirigiu-se à Arrentela, onde acabaria esfaqueado mortalmente.


Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo