Parceiros
AlmadaSeixal

HGO apresenta Equipa de Cuidados Domiciliários Pediátricos que actua em Almada e Seixal

O Hospital Garcia de Orta, Almada, criou em março de 2020 a Equipa de Cuidados Domiciliários Pediátricos (ECDP) que já realizou perto de 500 visitas, assistindo perto de 150 crianças num total de mais de 450 horas de cuidados dedicados a crianças e jovens acompanhados no Serviço de Pediatria do Hospital e que apresentam necessidades especiais: prematuros ou com doença crónica complexa, limitante ou ameaçadora da vida, bem como os seus cuidadores, apoiando-os na autonomização para a prestação de cuidados. 

«O trabalho desta Equipa tem sido fundamental na melhoria da articulação com os Cuidados de Saúde Primários, proporcionando um maior envolvimento dos agentes promotores da saúde da criança/jovem e família, com um retorno que consideramos muito positivo», explica Luís Amaro, presidente do Conselho de Administração do HGO.


A Equipa de Cuidados Domiciliários Pediátricos do HGO é constituída por 1 médico e 6 enfermeiras especialistas em Enfermagem de Saúde Infantil e Pediátrica, profissionais dos serviços de Internamento de Pediatria, Unidade de Cuidados Intensivos Neonatais e Pediátricos e Equipa Intra-Hospitalar de Suporte em Cuidados Paliativos Pediátricos.

O projeto de apoio domiciliário no HGO iniciou-se com recurso a uma viatura disponibilizada pelo HGO e passou a contar com a colaboração de parceiros: a Fundação do Gil, com a Unidade Móvel de Apoio Domiciliário (UMAD), com frequência bissemanal e a Câmara Municipal de Almada que, mensalmente de setembro a fevereiro, disponibiliza uma Unidade Móvel equipada e com motorista que permitiu assegurar outros desafios colocados à Equipa do HGO, como a vacinação no domicílio com palivizumab, uma terapêutica específica na prevenção da infeção pelo vírus sincicial respiratório (VSR) em lactentes e crianças.

Ao longo de quase dois anos, a Equipa de Cuidados Domiciliários Pediátricos do HGO tem dado resposta a crianças, jovens e famílias dos concelhos de Almada e do Seixal em diferentes situações clínicas, após a sua referenciação pela equipa de saúde que acompanha a criança/família, realizando um pedido de colaboração.

O serviço abrange, além das visitas e vacinação, o acompanhamento pós alta do recém-nascido com validação da capacitação dos pais no domicílio, em articulação com os cuidados de saúde primários; a realização de procedimentos como observação clínica, consulta de enfermagem, administração de terapêutica, colocação de sonda vesical e sonda gástrica, aspiração de secreções, punção venosa, colheita de espécimes para análise (pesquisa de Sars Cov, análises sanguíneas), entre outros; e suporte ao regime terapêutico e apoio no luto. Neste apoio participam outros profissionais do HGO como psicólogos (também suportado pela Fundação do Gil), assistente social e dietista.


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.