DestaqueSetúbal

Há 256 anos, nascia Bocage em Setúbal

Setubalense é considerado um dos maiores e mais prestigiados poetas portugueses.

- publicidade -

Manuel Maria Barbosa du Bocage é considerado um dos maiores poetas líricos portugueses.

Nascido em Setúbal, a 15 de setembro de 1765, filho do bacharel José Luís Soares de Barbosa e de D. Mariana Joaquina Xavier Lestof du Bocage.

Na sua família já havia historial dentro do mundo da poesia, a sua mãe era segunda sobrinha da madame Marie Anne Le Page du Bocage, celebre poetisa francesa.

A sua história de vida é um autêntico filme de cinema. Alistou-se na Marinha de Guerra aos 18 anos, indo para a Índia aos 21, onde foi promovido a tenente. Fugiu da Marinha, escondendo-se em Macau onde se manteve até 1790. Regressou a Portugal, indo para LIsboa, onde se apaixonou pela mulher do seu irmão e viveu o dia a dia de vida boémia.

Em 1797, Bocage esteve preso, por divulgar o poema Carta a Marília. Foi condenado pela Inquisição e passou meses na masmorra do Limoeiro. Começou nesse período a trabalhar seriamente como redator e tradutor.

É considero o grande poeta do Arcadismo de Portugal. Fez parte da associação de poetas “Nova Arcádia” ou Academia das Belas-Artes, surgida em 1790, com o pesudónimo de Elmano Sadino. Foi aí autor de poesias que tinham como tema pastores, ovelhas e da mitologia clássica.

Nas suas obras destaca-se a preocupação com a métrica, acompanhada de um estruturação de poema e seleção vocabular própria.

A par das peripécias que acompanharam a sua vida, foi de poeta satírico a contador de histórias picante e obscenas. Ao mesmo tempo, foi autor dos mais belos poemas líricos que o colocam no pódio da poesia portuguesa, ao lado de Antero de Quental e Luís Vaz de Camões.

Faleceu em Lisboa a 21 de dezembro de 1805, aos 40 anos, vítima de um aneurisma.

Leia a biografia completa aqui.

__
Fontes: https://www.ebiografia.com/bocage/ – https://pt.wikipedia.org/wiki/Manuel_Maria_Barbosa_du_Bocage – https://www.arqnet.pt/dicionario/bocagemanuel.html 

- publicidade -

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo