Mundo

Guerra | Mobilizados da Crimeia vão receber 200 mil rublos

O primeiro-ministro da República Autónoma da Crimeia anunciou que cada cidadão mobilizado para o exército da Federação Russa, a fim de combater na Ucrânia, irá receber 200 mil rublos (cerca de 3.390 euros).

De acordo com Sergey Aksenov, o valor será creditado através de um cartão bancário no prazo de cinco dias úteis, segundo a agência noticiosa russa Tacc.


O valor é atribuído como assistência financeira à família dos mobilizados, divulgou Sergey Aksyonov esta quinta-feira, através do canal Telegram.

«De acordo com minhas instruções, cada habitante da Crimeia que seja mobilizado, receberá 200.000 rublos como pagamento único.

Esta é uma assistência financeira adicional para os nossos soldados e as suas famílias.

Um formulário pode ser preenchido na unidade militar para onde a pessoa mobilizada será enviada e o pagamento é transferido para um cartão bancário dentro de cinco dias úteis» escreveu Aksenov.

O chefe da Crimeia não especificou quantas pessoas na região estão sujeitas à mobilização, mas salientou que serão também publicadas no portal do conselho regional de ministros informações actualizadas sobre a mobilização parcial, incluindo respostas às questões colocadas pelos participantes na operação especial, pessoas mobilizadas e suas famílias.

No início da guerra contra a Ucrânia iniciada pela Federação Russa, Aksyonov divulgou que um total de 1.200 pessoas estariam a participar através de unidades voluntárias, e agora mais dois batalhões estão sendo formados.


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.