Parceiros
Atualidade

Grupo ‘racistas unidos pelo Chega’ removido pelo Facebook

O Facebook tem vindo a aumentar a vigilância sobre grupos com linguagem considerada ‘racista’, e no último ano extinguiu cerca de um milhão de grupos com discursos de ódio.

Entre estes foi removido um grupo de alegados apoiantes de André Ventura que se assumiam como ‘racistas unidos pelo Chega’.

Segundo o Jornal de Notícias, o Facebook removeu este grupo ao abrigo de uma política que, no último ano, levou à extinção de um milhão de grupos que promoviam discurso de ódio.

Na introdução do grupo removido pelo Facebook lia-se: «Somos racistas unidos pelo Chega. A nossa maior causa é o racismo e destruir o sistema corrupto do 25 de Abril. Este é um dos grupos oficiais do partido Chega».

O grupo tinha ainda como lema «Fascismo sempre, 25 de Abril nunca mais!».

Em reação, o partido liderado por André Ventura, garante não ter qualquer conhecimento da existência deste grupo, e afirma repudiar «os valores defendidos pelos racistas unidos pelo Chega».

Defende que «não é um partido racista, não defende ideais racistas e não tolerará quem o faça em nome do partido», considerando também que «é lamentável que um grupo de pessoas que se define como racista tente colar-se à imagem do Chega e do seu presidente».

A rede social reforçou a equipa da monitorização e aposta em inteligência artificial, o que levou à remoção de 12 milhões de publicações racistas ou xenófobas, cerca de 90% de forma proativa sem denúncia prévia.

Já ontem, Pedro Pinto, candidato do Chega por Beja, denunciou na página do partido um bloqueio feito pelo Facebook à página da candidatura de Ana Cristina Moisão a Serpa.

«O Facebook é cada vez mais uma arma política, manietada pela esquerda, com o único intuito de fazer CENSURA ao que não lhes interessa! Eles que andam de cravos ao peito a apregoar liberdade, liberdade, são os primeiros a querer falar sozinhos, como se fossem donos da verdade! Exemplo, o que fizeram à página da candidatura do CHEGA, à CM de Serpa, liderada pela Ana Cristina Moisão!

A única palavra que me ocorre é VERGONHA! RESISTIREMOS até à última gota de sangue!».



Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.