BarreiroDestaqueDistritoDistrito Setúbal

Greves dos mestres da Soflusa desconvocadas

publicidade

Esta sexta-feira decorreu uma reunião entre os sindicatos dos trabalhadores da Soflusa e o secretário de Estado Adjunto e da Mobilidade, José Mendes, a propósito dos problemas nas ligações fluviais no Tejo, da qual resultou o desconvocamento das três greves já marcadas pelos mestres das embarcações, avançou hoje o secretário de Estado Adjunto e da Mobilidade, após ter chegado a acordo com os sindicatos.

As negociações tiveram lugar com os sindicatos, inclusive com o Sindicato dos Transportes Fluviais, Costeiros e da Marinha Mercante (STFCMM), que representa os mestres que estão em greve, com os quais o Governo acordou “uma pequena atualização daquele que é o prémio deles pelo facto de serem mestres”, respondendo à revindicação salarial.

De acordo com o governante José Mendes, a desconvocação das três greves, designadamente às horas extraordinárias, ao período da manhã e da tarde na próxima semana, e ao dia de Santo António, vai permitir que o serviço da Soflusa fique normalizado a partir de sábado.

A empresa apresentou uma nova escala de ligações, com três barcos de manhã, de tarde e à noite, menos de metade do que as embarcações que deveriam operar e que existiam anteriormente e com sucessivas supressões de ligações, algumas nem sequer anunciadas, o que levou hoje os passageiros a protestarem invadindo a plataforma de embarque, conforme o Diário do Distrito noticiou.

Ler mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui