Parceiros
DistritoPaísSetúbal

Greve na TST a 90 por cento e marcada nova paralisação para Abril

- publicidade -

Os trabalhadores dos Transporte Sul do Tejo (TST) cumpriram hoje o segundo dia de greve, com uma adesão de 90%, e entregaram uma proposta à administração para que o salário seja fixado em 750 euros, informou fonte sindical.

Os motoristas dos TST reuniram-se hoje de manhã em plenário e entregaram uma nova proposta de revisão do Acordo de Empresa, na qual solicitam um aumento salarial de 98,39 euros, fixando-se, assim, nos 750 euros, avançou João Saúde, da Fectrans – Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações.

Em 23 de janeiro, a administração tinha proposto o aumento do ordenado atual de 651,61 euros para 670 euros, além de um acréscimo de 0,91 cêntimos nas diuturnidades e de mais cinco euros no trabalho em dia de folga, passando a receber 42,50 euros, uma proposta que os trabalhadores consideraram insuficiente.

Por este motivo, os motoristas estão a realizar uma paralisação de 48 horas, que se iniciou na quarta-feira, pelas 03h00, e termina na sexta-feira, à mesma hora.

Na quarta-feira, a paralisação registou uma greve entre os 85 e os 90%, segundo o sindicato, tendo “grande impacto” no serviço da TST, com supressão de carreiras e maior impacto no concelho de Almada, Seixal e Setúbal.

Perante a falta de resposta da administração dos TST os trabalhadores decidiram marcar nova greve de 48 horas para os dias 12 e 13 de Abril.

Na sexta-feira, pelas 10h00, as 13 estruturas sindicais representativas da empresa vão reunir-se com o Sindicato Nacional dos Motoristas para debater a situação atual e definir novas formas de luta.


SONDAGEM: Qual o seu sentido de voto nas próximas eleições legislativas a realizar no dia 30 de janeiro.
Carregue neste link para votar e partilhe
https://t.me/diariodistrito/1253

Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva no canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que fazemos no seu distrito


Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *