Justiça

Greve dos funcionários judiciais esta sexta-feira poderá adiar julgamentos de Mamadou Ba, Ana Rita Cavaco e Ricardo Salgado

Dia eventualmente agitado para a Justiça portuguesa.

A greve total convocada pelo Sindicato dos Funcionários Judiciais, que coincide com o último dia da greve que decorre desde o final de Maio, associada à greve por tempo indeterminado do Sindicato dos Oficiais de Justiça (SOJ) que vigora desde Janeiro, deverão fazer atrasar várias diligências programadas para esta sexta-feira.

Em causa estão os processos de Mamadou Ba, da bastonária da Ordem dos Enfermeiros, Ana Rita Cavaco, e o caso BES/GES, sendo que Ricardo Salgado ficará finalmente a conhecer se vai a julgamento, caso não haja adiamentos.

Após vários adiamentos, estão marcadas para hoje as alegações finais no julgamento de Mamadou Ba, acusado por difamação do ex-dirigente dos “Hammerskins” Mário Machado. A sessão tem hora marcada para as 14h00, no Campus de Justiça, em Lisboa.

Já a leitura da decisão instrutória do processo BES/GES foi marcada para o hoje, igualmente às 14h00, no tribunal de Monsanto (Lisboa), naquele que é considerado um dos maiores processos da história da justiça portuguesa.

Caso não haja adiamento, será esta tarde que Ricardo Salgado ficará a saber se vai mesmo ser julgado pelos 65 crimes de que está acusado, incluindo associação criminosa, corrupção activa no sector privado e burla qualificada.

Também para hoje está marcada a leitura da sentença do caso em que Ana Rita Cavaco, bastonária da Ordem dos Enfermeiros, está acusada pelos crimes de desobediência e injúrias agravadas no caso da sindicância ordenada pelo Ministério da Saúde em 2019, tendo a defesa reclamado a absolvição total nas alegações finais.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *