Parceiros
País

Greve de trabalhadores faz parar 140 comboios CP entre as 00h00 e as 08h00

Durante o período, apenas 114 viagens foram feitas, 40 ligações urbanas de Lisboa, 30 urbanos do Porto, 40 regionais e quatro de longo curso, num total de 254 agendadas

Uma greve de trabalhadores na Infraestruturas de Portugal (IP) causou a paragem de 140 comboios da Comboios de Portugal (CP) entre as 00h00 e as 08h00 desta quinta-feira. De acordo com fonte oficial da empresa à Agência Lusa.

Segundo a CP, dos 254 comboios programados entre as 00h00 e as 08h00, apenas 114 foram feitos, 40 regionais, 40 urbanos de Lisboa, 30 urbanos do Porto e quatro de longo curso.


A Comboios de Portugal já havia informado que previa “fortes perturbações na circulação de comboios, a nível nacional, em todos os serviços” durante os dois dias da greve.

A greve chega perto de 300 trabalhadores do Comando e Controlo Ferroviário da IP, responsável de regular a pontualidade e a segurança de todas as circulações ferroviárias. Estão concentrados nas estações de Braço da Prata, Contumil e Setúbal que são os centros de comando (CCO) de Lisboa, Porto e Setúbal.


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carreguem em seguir (follow)


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.