Atualidade

Governo prolonga ‘situação de alerta’ por perigo de incêndios

Tempo quente acciona alertas

- publicidade -

Face às previsões meteorológicas para os próximos dias, que apontam para o agravamento do risco de incêndio rural devido ao calor, os Ministros da Defesa Nacional, da Administração Interna, do Ambiente e da Ação Climática e da Agricultura determinaram o prolongamento da situação de alerta, agora para todo o território do Continente, informa esta sexta-feira o Governo.

A situação de alerta, que teve início às 00h00 de domingo, dia 6 de setembro, prolonga-se agora até às 23h59 horas de domingo, dia 13 de setembro.

Na mesma nota, o Ministério da Administração Interna sublinha que a Declaração da Situação de Alerta «decorreu da necessidade de adotar medidas preventivas e especiais de reação face ao risco de incêndio previsto pelo IPMA na maioria dos concelhos do continente nos próximos dias».

Os distritos abrangidos pelo Estado de Alerta Especial de Nível Laranja, determinado pela Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, são os de Aveiro, Braga, Bragança, Castelo Branco, Coimbra, Évora, Guarda, Leiria, Lisboa, Portalegre, Porto, Santarém, Setúbal, Viana do Castelo, Vila Real e Viseu.

Já os distritos de Beja e Faro vão estar em Estado de Alerta Especial de Nível Vermelho.

O IPMA vai também colocar sob ‘aviso amarelo’ no domingo, os distritos de Brava, Viana do Castelo, Porto, Vila Real, Bragança, Aveiro, Coimbra, Santarém, Leiria, Lisboa e Setúbal, devido à subida de temperaturas acima dos 30.ºC.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui