GNR regista 10 mortos, 45 feridos graves e 2.587 acidentes na Operação Natal

A Operação Natal e Ano Novo da GNR registou um total de 10 mortos e 45 feridos graves, nos 2.587 acidentes rodoviários desde 20 de Dezembro e até ao final do dia de segunda-feira.

DIÁRIO DO DISTRITO IMAGENS
publicidadeGearbest Alfawise V8S Max UV Sterilization + Disinfectant Disinfection Wet and Dry Robot Vacuum Cleaner promotion
Tempo de Leitura: < 1 minuto

A Operação Natal e Ano Novo da GNR registou um total de 10 mortos e 45 feridos graves, nos 2.587 acidentes rodoviários desde 20 de Dezembro e até ao final do dia de segunda-feira.

De acordo com dados divulgados hoje à Lusa, na sequência dos acidentes, 660 pessoas sofreram ferimentos ligeiros.

No âmbito desta operação, que termina no domingo, foram fiscalizados 51.139 condutores e 294 foram detetados com uma taxa de acoolemia considerada crime, ou seja, igual ou superior a 1,2 gr/l.

Na sua área de intervenção, a GNR registou 7.153 casos de excesso de velocidade, 478 de utilização de telemóvel e 361 infrações por falta de uso de cintos de segurança e sistemas de retenção.

A operação Natal e Ano Novo da GNR arrancou no passado dia 20 de dezembro, com um reforço do patrulhamento rodoviário nas estradas de maior tráfego do país para prevenir acidentes e garantir a fluidez do trânsito.

Para a operação, que termina em 5 de janeiro, a GNR mobiliza diariamente cerca de 4.600 militares da Unidade Nacional de Trânsito e dos Comandos Territoriais.

Já a PSP registou, entre 18 e 29 de dezembro, 1.832 acidentes que provocaram 3 mortos e 9 feridos graves.

Com vista a sensibilizar os automobilistas para os cuidados nesta altura, a Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária e a GNR divulgaram um vídeo que alerta para a necessidade de cuidados acrescidos, e no qual se vê uma pessoa a receber manobras de reanimação depois de ter sofrido um acidente com a mensagem «Não é esta a passagem de ano que está a imaginar, pois não?».

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Insira o seu comentário
Nome