Alcochete

GNR realizou acção de sensibilização sobre apanha de bivalves em Alcochete

- publicidade -

Elementos do Núcleo de Proteção Ambiental (NPA) do Montijo e do Posto Territorial de Alcochete, realizaram esta quinta-feira, 26 de agosto, realizou uma ação de sensibilização sobre a apanha de bivalves, na localidade de Alcochete.

No âmbito de uma ação de sensibilização e de fiscalização na marginal da Vila de Alcochete, junto ao rio Tejo, os elementos da GNR sensibilizaram 86 mariscadores que se dedicam diariamente à apanha dos bivalves.

Esta ação visou sensibilizar para questões relacionadas com a proibição/condicionamento da apanha de bivalves no rio Tejo.

Durante a ação, foi possível ainda encontrar vários sacos de amêijoa-japonesa a serem transportados, bem como outros dissimulados no paredão e na zona envolvente.

Uma vez que a apanha de amêijoa-japonesa é proibida em toda a zona envolvente do pontão e na praia de Alcochete, foram apreendidos 250 quilos de amêijoa-japonesa e elaborados os respetivos autos de contraordenação, cuja coima pode atingir os 250.000 euros.

Esta ação decorreu com o reforço do Destacamento de Intervenção (DI) de Setúbal.

A Guarda Nacional Republicana alerta que a captura deste tipo de bivalves, sem que os mesmos sejam sujeitos a depuração ou ao controlo higiossanitário, pode colocar em causa a saúde pública, caso sejam introduzidos no consumo, devido à possível contaminação com toxinas, sendo o documento comprovativo da origem do bivalve fulcral para a prevenção da introdução de forma irregular no consumo.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo