País

GNR realiza Operação ‘Censos Sénior 2022’

A GNR realiza a partir de hoje, 30 de Setembro, e durante todo o mês de Outubro, a Operação “Censos Sénior 2022”, no âmbito do Policiamento Comunitário, que visa garantir um conjunto de ações de patrulhamento e de sensibilização à população mais idosa.

A operação vai decorrer em todo o território nacional, e os cerca de 400 militares das Secções de Prevenção Criminal e Policiamento Comunitário, vão priorizar e privilegiar um conjunto de ações e patrulhas, contanto com a colaboração de parceiros nacionais e locais de âmbito social e de saúde, junto da população idosa e com maior vulnerabilidade, e/ou que vivem sozinhas e/ou isoladas.

O objetivo visa reforçar os comportamentos de segurança que permitam reduzir o risco dos idosos se tornarem vítimas de crimes, nomeadamente em situações de violência, de burla e furto.

Na edição de 2021 da Operação “Censos Sénior”, a Guarda sinalizou 44.484 idosos que vivem sozinhos e/ou isolados, ou em situação de vulnerabilidade, em razão da sua condição física, psicológica, ou outra que possa colocar em causa a sua segurança, tendo sido as situações de maior vulnerabilidade reportadas às entidades competentes, sobretudo de apoio social, no sentido de fazer o seu acompanhamento futuro.

A GNR realizou ainda 172 ações em sala e 3.431 ações porta a porta, abrangendo um total de 19.812 idosos.

Desde 2011, ano em que foi realizada a primeira edição da Operação “Censos Sénior”, a GNR tem vindo a atualizar a sinalização geográfica desta população, proporcionando assim um apoio mais próximo e dirigido, contribuindo, por um lado, para a criação de um clima de maior confiança e de empatia entre os idosos e os militares da GNR e, por outro, para o aumento do sentimento de segurança.


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *