AtualidadePolítica

GNR identificou proprietário de restaurante onde decorreu jantar de André Ventura

- publicidade -

A GNR identificou o proprietário do espaço de restauração em Braga, onde decorreu este domingo um jantar comício de André Ventura no âmbito das eleições presidenciais.

O jantar contou com cerca de 170 pessoas, numa altura em que o país está em confinamento e os estabelecimentos de restauração não podem receber pessoas para tomarem as suas refeições.

tarot terapêutico

A informação é prestada pelo Gabinete de Imprensa da GNR, que indica que o jantar que decorreu no dia 17 de janeiro, teve lugar «no âmbito da campanha eleitoral e da eleição do Presidente da República, o qual se realizou ao abrigo da alínea b) do n.º 1 do artigo 35.º do Decreto n.º 3-A/2021, de 14 de janeiro, da Presidência do Conselho de Ministros».

No comunicado é referido que «a Guarda acompanhou a realização do evento procurando, nomeadamente, acautelar a manutenção da ordem pública, o que veio a ocorrer.

No final do evento, apurou-se a participação de cerca de 170 pessoas, onde foram servidas refeições, tendo como tal o proprietário do estabelecimento sido identificado por forma a ser elaborado o respetivo expediente e envio para Ministério Público do Tribunal Judicial de Braga, para apuramento de eventuais ilícitos que se possam ter verificado.»

Os cerca de 170 apoiantes do candidato presidencial do Chega reuniram-se este domingo em ambiente festivo, num jantar/comício, em Braga, com música e cânticos, uma iniciativa que a candidatura afirma cumprir as regras da Direção-Geral de Saúde.

As imagens do jantar foram divulgadas nas redes sociais do Chega e mostram o discurso de André Ventura no espaço fechado do restaurante.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui