DestaqueDistrito SetúbalPalmela
Em Destaque

GNR chamada à Hanon Systems, em Palmela, para impedir plenário de trabalhadores

A administração da Hanon Systems, em Palmela, chamou esta manhã a GNR às instalações da fábrica localizada no Parque Industrial das Carrascas. A intenção era impedir a realização de um plenário de trabalhadores

publicidade

Num comunicado a estrutura sindical diz que “na sequência da luta por aumento salarial iniciada na passada 2°feira, realizaram se hoje plenários de trabalhadores, os quais mais uma vez a administração da Hanon tentou sem efeito impedir.

Não satisfeita com o facto das suas ameaças de desconto do tempo do plenário aos trabalhadores que nele participassem, não terem sortido qualquer efeito, a administração vem à carga e chama a GNR com o argumento de se estar a realizar um ajuntamento que não cumpre as medidas de segurança, nomeadamente no que diz respeito ao distanciamento fisico, numa clara tentativa de desmobilizar os trabalhadores e quebrar a luta”.

Os trabalhadores da Hanon exigem aumentos salariais e estão desde segunda-feira a realizar duas horas de greve por turno.

Esta sexta-feira (13 de novembro) paralisam durante 24 horas.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui