Atualidade

GNR assume presidência portuguesa da Associação FIEP

- publicidade -

A Guarda Nacional Republicana (GNR) assumiu esta quarta-feira a presidência da Associação Internacional de Gendarmeries e de Forças de Polícia com estatuto Militar, FIEP, passando a coordenar a cooperação entre as Forças de Segurança de 19 países, durante o próximo ano.

A FIEP foi fundada em 1994, com o objetivo de promover a cooperação entre Forças de Segurança, especialmente no que respeita ao intercâmbio de informações e a partilha de conhecimentos e experiências, sobretudo nos domínios da gestão de Recursos Humanos, da organização de serviços, das novas tecnologias e logística e da cooperação internacional no âmbito securitário.

De acordo com o programa de trabalho aprovado para a presidência Portuguesa da FIEP, o principal tema a debater durante o ano 2022 será «A Segurança e as ameaças decorrentes da Globalização 4.0».

Neste âmbito, pretende-se refletir sobre os desenvolvimentos tecnológicos ao nível da inteligência artificial, aplicada aos modelos de Predictive Policing, como forma de incremento das capacidades e eficiência das Forças de Segurança; analisar o impacto que a adoção de modelos de Predictive Policing e o recurso à tecnologia comporta para a gestão de Recursos Humanos, de modo a incrementar a eficiência da ação humana.

A presidência portuguesa pretende ainda promover a análise de estratégias e boas práticas para fazer face às principais ameaças e desafios securitários intrínsecos ao panorama da Globalização 4.0, coligindo os conhecimentos numa publicação de referência da associação FIEP e a partilha de informação e conhecimento mútuo sobre as estruturas que cada Força dispõe para lidar com os assuntos internacionais, debatendo melhorias e modelos a seguir, no intuito de fomentar a cooperação eficiente e networking.

França, Itália, Espanha e Portugal foram os 4 países Fundadores desta Associação Internacional de Gendarmeries e de Forças de Polícia com estatuto Militar que, atualmente com 27 anos de existência, conta com 19 Países-Membros e, em 2022, prevê-se o ingresso de mais dois Países.

A presidência portuguesa e da Guarda da FIEP culminará numa Cimeira Internacional, no final de Outubro de 2022, a organizar em Portugal e que contará com a presença dos Comandantes e Diretores Gerais de todas as Forças integrantes.


Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo