Lisboa

Ginecologista acusado de crime de violação

- publicidade -

Um médico ginecologista foi acusado pelo Ministério Público de um crime de violação. O clínico exerce a profissão em Lisboa, e “introduzia os dedos nos órgãos genitais da vítima, alegando que se tratava de um exame necessário”, diz o MP.

Segundo o «CM», os crimes ocorreram durante as consultas entre agosto de 2016 e abril de 2017. No seu próprio consultório, o ginecologista forçava a vítima “à prática de atos sexuais proibidos por lei, bem sabendo que esta não os consentia. O arguido agiu para satisfazer os seus instintos libidinosos, sabendo que afetava a integridade psicológica da vítima”, indica o Ministério Público.

O organismo exige que, em caso de condenação, o ginecologista fique proibido de exercer funções num período entre cinco a dois anos.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui