Uncategorized

Gatos agredidos e baleados levam a apelo de grupo de apoio a animais errantes

publicidade

O projeto Amigos dos Gatos de Rua de Castanheira do Ribatejo lançou um apelo, através das redes sociais, para vigilância às colónias de gatos, que têm sido baleados ou agredidos e cujo número está a decrescer.

«Continuam a desaparecer gatos e vários aparecem com sinais de agressões e orifícios compatíveis com disparos, assim como muitos gatos dóceis que interagiam connosco andam apavorados.

Estes atos cruéis e CRIMINOSOS e COBARDES aparentam ser cometidos à noite.»

Por esse motivo, solicitam a todos os que possam ter assistido a alguma situação para que «reportem ao Ministério Público de Vila Franca de Xira qualquer crime de agressão, que filmem qualquer comportamento suspeito ou agressão para prova junto do MP, bem como  dêm conhecimento ao serviço médico-veterinário municipal ( [email protected] ) e a este projeto de apoio aos gatos da rua através do email [email protected] – Sónia Teixeira da Silva».

A responsável do projecto deixa ainda um desabafo «somos uma terra de pessoas civilizadas e não queremos que gente que pratica este tipo de actos fique impune. DENUNCIE atividades suspeitas. Andar a balear gatos demonstra desequilíbrio social grave e perigo para toda a sociedade!

Foram baleados gatos da rua e gatos de famílias que circulam nos jardins e hortas.»

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui