Internacional

França vai apoiar lojas dos grandes centros comerciais obrigadas a encerrar

- publicidade -

O Governo francês vai apoiar as lojas dos cerca de 400 grandes centros comerciais do país, que têm de encerrar a partir de domingo para tentar conter a pandemia da covid-19, foi hoje divulgado. 

Segundo a agência EFE, que cita o Ministério da Economia e Finanças de França, as lojas vão poder escolher entre uma subvenção até 10.000 euros por perda do volume de negócios ou receber uma indemnização equivalente a 20% dos seus rendimentos, até ao limite de 200 mil euros por mês.

Para as lojas em que os 200 mil euros são insuficientes, o Governo francês preparou um dispositivo que cubra 70% dos seus custos fixos, nomeadamente a renda e despesas correntes.

Além disso, as empresas poderão colocar os seus trabalhadores em trabalho parcial sem qualquer custo e isentou-as do pagamento das contribuições patronais e salariais.

Na sexta-feira, o primeiro-ministro francês, Jean Castex, anunciou que a partir de domingo terão de fechar todas as lojas não alimentares em centros comerciais com mais de 20.000 metros quadrados.

Supermercados, lojas alimentares de especialidades (como padarias) ou farmácias poderão permanecer abertas.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui