Finlândia de portas fechadas a Portugal

Esta quarta-feira a Finlândia anunciou a reabertura de fronteiras para o turismo a 17 Estados europeus com baixas taxas de Covid-19, de fora ficaram Portugal, Espanha, França ou Luxemburgo

publicidadeGearbest Alfawise V8S Max UV Sterilization + Disinfectant Disinfection Wet and Dry Robot Vacuum Cleaner promotion
Tempo de Leitura: < 1 minuto

A reabertura de fronteiras ao turismo na Finlândia entra em vigor em 13 de julho, mas alguns países ficaram de fora de restrições impostas pelo Governo finlandês.

A partir de 13 de julho estão autorizadas viagens de negócios e que sejam consideradas essenciais entre a Finlândia e países como a Argélia, Austrália, Japão, Nova Zelândia, Tunísia ou China.

Já a 15 de junho o país nórdico tinha aberto as fronteiras aos países bálticos e para a maioria dos países nórdicos, à exceção da Suécia.

A partir de segunda-feira estão autorizados a entrar no país, pessoas vindas de Países Baixos, Bélgica, Itália, Áustria, Grécia, Malta, Alemanha, Eslováquia, Eslovénia, Hungria, Liechtenstein, Suíça, Chipre, Irlanda, Andorra, São Martinho e Vaticano.

De fora ficam Portugal, Espanha e França ou Luxemburgo. A Finlândia vai fazer avaliações de duas em duas semanas para determinar se outros países podem ou não fazer parte das listas de permissão de entrada.

Já os cidadãos do espaço Schengen e do Reino Unidos podem viajar para a Finlândia para trabalho, motivos familiares ou outro motivo essencial.

 

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Insira o seu comentário
Nome