Política

Filhos de Nuno Graciano ameaçados. O candidato do Chega pergunta: “onde está a Democracia?”

- publicidade -

O Chega! apresentou, esta segunda-feira, Nuno Graciano enquanto candidato à Câmara Municipal de Lisboa pelo partido, mas dez aí “ainda não fiz outra coisa a não ser receber ameaças de morte”, avança o ex-apresentador em entrevista ao podcast “Auto da Fé”, de Rui Unas e Catarina Moreira.

“Chegam-me ao Instagram, ao Facebook e através de mensagens anónimas. Tem-me chegado das mais variadas formas”. “Agora descobriram, imagina tu, que tenho o cabelo rapado porque sou neonazi. Já tenho o cabelo rapado há 30 anos e rapei o cabelo porque comecei a fazer apanhados em televisão para usar peruca”, adianta.

Graciano admite que”nunca” lhe “passou pela cabeça que fosse desta forma” e fala na “informação violenta” sobre ameaças que lhe tem chegado às mãos.

“Os meus filhos e eu fomos tão martirizados que pergunto onde está a Democracia. (…) Há malta a dizer-me que, se apanha as minhas filhas na rua, lhes tiram os ovários, que se apanham os meus filhos na rua lhe dão uma carga de pancada. Isto é que é a Democracia?”.


Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo