DesportoMundo

FIFA proíbe adeptos ingleses de usarem disfarce de cavaleiros medievais

- publicidade -

Os adeptos ingleses foram proibidos de entrar nos recintos desportivos fantasiados de cavaleiros medievais no Mundial realizado no Qatar. A informação foi avançada pelo jornal Times, que sublinha que este tipo de indumentária pode ser ofensivo à religião muçulmana.

Este é um traje usado de forma comum entre os adeptos ingleses, sendo que no primeiro jogo da Inglaterra no mundial disputado com o Irão, alguns adeptos conseguiram entrar com o disfarce.

De acordo com Iman Atta, diretor do Tell Mama, projeto britânico que monitoriza atos de preconceito contra muçulmanos, determinadas atitudes mais ocidentais podem ser ofensivas no país.

“Nós percebemos que as atitudes dos ingleses não são para irritar os cidadãos locais, mas acreditamos que, por princípio, qualquer Mundial deve ter um ambiente em que os fãs possam vestir o que quiserem e ficar confortáveis. Apesar disso, no Qatar, as pessoas devem estar cientes dessa sensibilidade”, sublinhou Iman.

O traje carrega consigo o período histórico das cruzadas, que para a população local evoca uma época de violentas invasões e sofrimento para os muçulmanos.


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *