Parceiros
Santiago do Cacém

Festival das Cores e Corrida da Lagoa proporcionam fim de semana cultural e desportivo em Santo André

O festival das Cores regressa em 2023 a Vila Nova de Santo André

A freguesia de Santo André foi palco de “um fim semana em grande do ponto de vista cultural e desportivo”, afirma o Presidente da Câmara Municipal de Santiago do Cacém, Álvaro Beijinha, no balanço “extremamente positivo” que fez da 8.ª edição do Festival das Cores, no qual também refere a 25.ª Corrida da Lagoa de Santo André, que contou com 13.ª Caminhada da Reserva Natural, “foi mais uma vez um grande evento desportivo com centenas de participantes”.

 O Parque Central, em Vila Nova de Santo André, recebeu mais uma edição do Festival das Cores onde juntou, segundo o autarca, “milhares de pessoas que se deslocaram ao recinto nos três dias, com uma grande dinâmica, muita juventude, muita arte presente nas várias iniciativas”. Para Álvaro Beijinha “Santo André, apesar de não ganhar um festival novo, ganhou um festival com outro peso” e acredita que “este Festival vai crescer ainda mais, com uma dinâmica cada vez maior, com a colaboração do movimento associativo, com a presença da Junta de Freguesia de Santo André, que também teve aqui um papel determinante no apoio”.  


 A ideia de ter no Município um evento neste formato já vem de 2020, mas foi adiado dois anos devido à pandemia. “Depois do Festival da Liberdade, em Vila Nova de Santo André, no ano de 2019, organizado pela Associação de Municípios do Distrito de Setúbal, a Câmara Municipal de Santiago do Cacém considerou que poderíamos fazer algo que pudesse marcar uma nova iniciativa e uma nova etapa na freguesia de Santo André. Havia duas opções, ou a autarquia organizava um festival de raiz, com organização própria, ou, e foi esta a opção tomada, em parceria com a ArteCorGeração, Associação que organiza o Festival das Cores”, explica o autarca e acrescenta que “desde o início que a Câmara Municipal apoia este Festival do ponto de vista dos recursos logísticos e também financeiros, mas para termos um cartaz com grandes nomes da música em Portugal, obriga a um investimento maior”, por isso a realização desta parceria, sendo a Câmara Municipal coorganizadora do evento a par com a Junta de Freguesia de Santo André e a Associação ArteCorGeração.

 O Festival das Cores regressa em 2023.


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.