Lisboa

Festa sportinguista resultou em três detidos e quatro polícias feridos

Registadas, a nível nacional, três detenções e quatro militares feridos, incluindo um canídeo policial.

- publicidade -

A Polícia de Segurança Pública informou, no balanço da operação de ontem a propósito da festa sportinguista, que foram registadas, a nível nacional, três detenções e quatro militares feridos, incluindo um canídeo policial.

“Verificaram-se igualmente reiterados comportamentos hostis e desordeiros por parte de alguns adeptos, relativamente aos Polícias que integravam o dispositivo policial, tendo sido arremessados diversos objetos perigosos na sua direção, incluindo garrafas de vidro, pedras e artefactos pirotécnicos, obrigando ao uso da força pública, incluindo disparos com projéteis menos letais, para fazer cessar aquelas condutas perigosas“, pode ler-se no comunicado da autoridade.

No caso de Lisboa, os comportamentos descritos “agravaram-se com a aproximação da comitiva à Rotunda do Marquês de Pombal.” A PSP apreendeu, a nível nacional, “63 artefactos pirotécnicos, identificou 30 pessoas por motivos diversos e procedeu à detenção de 3 cidadãos“. Não foi possível apurar o número de cidadãos feridos, mas “foram prontamente assistidos no local os feridos que foram identificados como tal”.


Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui