Parceiros
CulturaDestaqueFamosos

Fernando Tordo pede desculpa pelas declarações polémicas

- publicidade -

Fernando Tordo esteve no centro da mais recente polémica do mundo da música. O cantor e compositor português de 73 anos de idade disse numa entrevista que “90% da música portuguesa que ouvimos atualmente não tem qualquer dignidade. É para atrasados mentais”, entre outras tantas críticas à geração atual.

Após várias “respostas” de artistas do panorama nacional, como Miguel Cristovinho, Luísa Sobral, João Só, Agir, entre outros, Fernando Tordo, através das suas redes sociais, pediu desculpa pela declarações, dizendo que se apercebeu da “injustiça que as minhas palavras foram para todo um universo de colegas que, tal como eu, trabalham diariamente para levar o seu melhor aos palcos e rádios deste país, principalmente nesta fase tão complicada para todo o setor cultural”.

Acredita que “um mau momento tem que dar origem a algo construtivo”, e tomou a iniciativa de, semanalmente, dar a conhecer novidades de lançamentos de novos discos ou singles, sugestões de concertos, etc.

“Gostaria também de poder contar com a vossa ajuda. Para o efeito, nos próximos dias, vou disponibilizar um e-mail para me enviarem as vossas sugestões. Ouvir e dar a conhecer novos projetos, de tantos que emergem no nosso país, passa agora também a ser a minha missão”.

Veja aqui a publicação:


Sondagem | Tem condições para acolher refugiados ucranianos em sua casa?
VOTE AQUI!
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito

Escreva um comentário