Parceiros
AtualidadeCulturaDestaque

Fernando Tordo diz que 90% da música que se ouve hoje em dia “é para atrasados mentais”

- publicidade -

Fernando Tordo, numa entrevista recente realizada à Blitz, comentou o panorama musical dos tempos de hoje, dizendo que “90% da música portuguesa que ouvimos atualmente não tem qualquer dignidade. É para atrasados mentais”.

O célebre músico português aponta para o pico de qualidade nos anos 60 e 70, que hoje, “salvo raras e honrosíssimas exceções, o que temos, na maioria, é gente que não cresce porque não ouve, porque não aprende. Têm que aprender. A minha geração aprendeu”.

Deixa críticas às editoras, que obrigam os músicos a fazer música “iogurte”, música que seja “descartável”. Abordou o estereótipo da imagem, do padrão de beleza, que é visto nos tempos atuais como motor e motivo de apostar em artistas, “é isto temos que temos no panorama atual”.

Acredita que Portugal, no futuro, irá ser um “país de grandes orquestras”, onde a música vai “reganhar a sua dignidade”.


Sondagem | Tem condições para acolher refugiados ucranianos em sua casa?
VOTE AQUI!
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito

Escreva um comentário