Feira SISAB levou a Lisboa os vinhos da Península de Setúbal

A indústria do vinho de Setúbal aponta para um ano de crescimento no mercado nacional e nas exportações

0
212
Diário Imagem
Tempo de Leitura: 1 minuto

O enólogo e administrador da Sociedade Vinícola de Palmela (SIVIPA), Filipe Cardoso, manifestou-se confiante na vocação exportadora da região. “A Penísula de Setúbal está numa rota positiva. Somos, atualmente, a terceira região com maior volume de vendas de vinhos em Portugal. Temos excelentes condições para dar que falar no país e, em poucos anos, nos mercados de exportação”, disse ao Diário do Distrito, à margem do 24ª Salão Internacional do Setor Alimentar e Bebidas (SISAB), que decorre no Altice Arena, em Lisboa.

Reconhece ainda a importância deste evento e acredita que mostra a atratividade dos vinhos da região no imediato e no longo prazo. “Levo daqui alguns negócios ‘apalavrados’ com alguns clientes dos Estados Unidos e do Canadá, assim como angolanos”, refere o responsável da SIVIPA, que prepara o lançamento de um vinho branco com 10 anos e do moscatel Terras do Sado.

A edição deste ano do SISAB conta com a presença de 500 empresa expositoras e mais de 1600 compradores internacionais de 130 países.

DEIXE UMA RESPOSTA

Insira o seu comentário
Nome