FC Porto não aguentou a pressão final do Sporting

0
82
Foto Luís Pontes

Jogo em atraso da 18ª jornada, com o Sporting CP a precisar de vencer o FC Porto para conseguir alcançar o primeiro lugar. Os dragões colocaram-se em vantagem desde o início e dispuseram de várias vantagens de 4 golos mas nos últimos minutos o Sporting foi mais forte e venceu por 26 – 23.

O Pavilhão João Rocha foi palco de um excelente jogo de andebol, com uma moldura humana excelente (2607 espectadores), com as duas equipas a lutarem pela vitória porque estava em causa o primeiro lugar da fase regular.
O FC Porto entrou com o pé direito e aos 10′ já vencia por 2-6. O Sporting só a espaços equilibrava o marcador mas os dragões não tiravam o pé do acelerador e ao intervalo venciam por 12-15.
Na segunda parte os leões voltaram a ter várias desvantagens de 4 golos mas a partir dos 40′ os leões começaram a crescer, empurrados pelos adeptos que criaram um ambiente fantástico, e chegariam finalmente à igualdade aos 47′ através de Edmilson (21-21). O Porto ainda voltaria a colocar-se em vantagem mas seria incapaz de contrariar o parcial 5-1 dos leões até final da partida.

Valentin Ghionea foi o jogador com mais golos do lado do leão e António Areia marcou 7 para os azuis e brancos.

Sporting CP 26 – 23 FC Porto
Andebol 1 2018/19 – Jornada 18
Pavilhão João Rocha, Lisboa (2.607 espectadores)

Sporting CP: Matevz Skok, Pedro Valdes, Edmilson Araujo, Bosko Bjelanovic, Rafael Paulo, Carlos Pasarin, Frankis Marzo, Pedro Solha, Aljosa Cudic, Tiago Rocha, Carlos Carneiro, Fabio Chiuffa, Nuno Reis, Valentin Ghionea, Ivan Nikcevic, Luis Frade
Treinador: Hugo Canela

FC Porto: Alfredo Bravo, Victor Alvarez, Leandro Semedo, Yoan Blanco, Miguel Martins, Djibril Mbengue, Angel Zulueta, Rui Silva, Daymaro Salina, Leonel Fernandes, Alexis Borges, Diogo Branquinho, Thomas Bauer, Antonio Areia, Miguel Alves, Fabio Magalhaes
Treinador: Per Magnus Andersson

Intervalo: 12 – 15

DEIXE UMA RESPOSTA

Insira o seu comentário
Nome