- Publicidade -
- publicidade -
Início Distrito Leiria Fátima cercada por 3500 GNR

Fátima cercada por 3500 GNR

A partir de hoje ninguém entra no santuário mariano sem qualquer motivo de grande importância.

@ Foto gentilmente cedida pelo Dr. Marco Daniel Duarte, diretor do Museu do Santuário de Fátima e do Departamento de Estudos do Santuário.
Tempo de Leitura: < 1 minuto

O Santuário de Fátima está a ser fortemente vigiado por milhares de militares da GNR que garantem que nenhum peregrino possa entrar no recinto de oração. A notícia é avançada pela edição em papel do CM deste sábado que dá conta que a operação de segurança, montada pela GNR tem como objetivo o não acesso àquele local sem uma justificação plausível por parte de quem entra e com a devida autorização por parte dos responsáveis da Igreja.

A operação vai decorrer em duas fases, até terça-feira, os militares, vão impedir o acesso ao santuário, parques de estacionamento entre outras áreas envolventes. Já na estrada, a operação começa nas entradas da Cova da Iria, onde vai decorrer uma operação de sensibilização aos peregrinos e o aconselhamento a voltarem para casa.

Nesta operação está envolvido toda a logística da GNR, que tem no terreno 3500 militares. Os dias mais complicados vão ser o 12 e 13 de maio, onde a GNR terá no terreno uma força visível para que possa proibir qualquer acesso ao recinto de orações, entre militares apeados, a cavalo, com cães e elementos da unidade de intervenção, Fátima vai ser um autêntico forte a proteger, mas não de vândalos, mas sim de peregrinos que ficam privados às celebrações de Fátima.

Na prática todos os caminhos de acesso ao Santuário vão estar vedados, mas outros locais também estão na mira das autoridades, como a Aldeia de Aljustrel, onde nasceram os três pastorinhos (Lúcia, Francisco e Jacinta), os Valinhos, local da Aparição de agosto e a própria via-sacra.

As celebrações do dia 13 de Maio, vão ser realizadas este ano com 150 pessoas.

- publicidade -

7 COMENTÁRIOS

  1. E se levarem uma bandeira da CGTP??? Podem entrar??? É que no dia do Trabalhador,que não é o caso deles,puderam atravessar conselhos,reunirem-se,etc com as devidas precauções……( deixa-me rir,que ninguém está a ver).Porque é que agora é isto?? Não se pode ter outra religião que não a CGTP?

    • Caro Rui, puderam no 1 de Maio, no 25 abril, vai ser possível na festa do avante…dá para perceber onde vamos chegar. não é?

  2. Vergonha, vergonha, não do país mas de quem nos governa, no dia 1 de maio. Cgtp, celebra, sem policias a impedir, ja vem o António costa dizer, que pode haver festa do avante… e os peregrinos vão ser barrados no acesso ao santuário de Fátima… mas está tudo louco… ou só o que está ligado ao pcp, se vai realizar…

  3. AINDA ALGUM IDIOTA PENSA QUE VIVE NUM ESTADO DE DIREITO?
    Com base em que Lei a polícia assedia as populações? Que o clero é uma cambada de comunistas/socialistas excomungados, e incréus com medo da morte (que grande Fé!), não é novidade para nenhum católico que use a massa cinzenta que lhe ocupa a caixa craniana; mas a GNR comportar-se como um gang de bairro, é sem dúvida dignificante.
    Quando lhes faltar o dinheiro, o clero logo se lembrará do povo de Deus.

  4. Como é possível num país que se diz democratico que haja tamanha perseguição em que só os que são de uma cor é que têm direitos?
    Por amor de deus será que estamos tudos adormecidos

  5. Querem ir para o céu? Que deixem entrar todos os que se deixaram enganar pelo lobo vestido de cordeiro, rodeado de ouro e homens pedófilos! Maria não necessita de palácios de ouro, está no coração e é para ficar em casa. Comparar isto as manifestações da CGTP é muito baixo e contra producente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Insira o seu comentário
Nome

error: Conteúdo protegido!