DestaquePorto

Familiares de vítima agridem bombeiros durante operação de socorro (C/ vídeo)

- publicidade -

Dois operacionais da corporação dos Bombeiros Voluntários de Valadares foram agredidos a soco durante uma operação de socorro a uma mulher.

Tudo aconteceu na passada sexta-feira após o alerta de que uma mulher teria caído nas escadas de um prédio na Avenida da República, no centro de Gaia.

Para o local foi enviada a ambulância pré-hospitalar da corporação, embora não fosse a área desta corporação, mas ao chegarem ao local, os dois bombeiros foram agredidos por dois familiares da vítima.

As agressões não tomaram maiores proporções porque vários populares intervieram.

A PSP foi chamada ao local e o agressor mais velho, companheiro da vítima, foi identificado, e o filho da mulher apenas foi interceptado mais tarde, quando se deslocou ao hospital para saber do estado da mãe, para onde esta havia sido transportada pelos bombeiros que agrediu.

A corporação de Valadares vai avançar com uma queixa crime contra os dois agressores, ambos com idades entre os 30 e os 40 anos.


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *