DestaqueSetúbal

Falta de ‘recursos humanos’ encerra urgência de obstetrícia do Hospital de Setúbal

A urgência de obstetrícia do Hospital de São Bernardo, em Setúbal, está encerrada desde as 09h00, situação que se irá prolongar por 24 horas, devido à falta de médicos desta especialidade, informou à Lusa fonte do centro hospitalar.

Segundo informação do gabinete de comunicação do Centro Hospitalar de Setúbal, trata-se de «uma questão pontual, por falta de recursos humanos», que adiantou ainda tratar-se de um «encerramento pelo período de 24 horas, após as quais a urgência de obstetrícia do Hospital de São Bernardo deverá voltar a funcionar normalmente a partir das 09:00 de quinta-feira».

As grávidas estão a ser encaminhadas para os outros dois hospitais da região, designadamente o Hospital Garcia de Orta, em Almada, e o Centro Hospitalar Barreiro Montijo, tendo em conta que «o Centro Hospitalar de Setúbal e os hospitais da Península de Setúbal trabalham de forma articulada», afirmou o gabinete de comunicação.

No âmbito do encerramento da urgência de obstetrícia do Hospital de São Bernardo, o Centro de Orientação de Doentes Urgentes (CODU) tem já indicação de que as grávidas devem ser atendidas nos outros dois hospitais.


Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito
Siga-nos no Feedly, carregue em seguir (follow)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *