AtualidadecoronavírusDestaquePolítica

Ex-dirigente da CGTP em defesa do Avante

Arménio Carlos saiu esta quarta-feira em socorro da Festa do Avante e garantiu que não faltará à festa comunista, condenando ainda todos aqueles que estão contra, dizendo que é uma polémica sem sentido.

- publicidade -

A veia sindicalista está lá e Arménio Carlos não a perdeu, o ex-dirigente da CGTP condenou esta quarta-feira todos os “ataques” que tem sido feito à festa do Avante. O ex-dirigente e operário-chefe da Carris diz que vai estar presente naquela que é a grande festa da política nacional.

À TSF começou por dizer em forma de crítica que o 1º maio organizado pela CGTP e agora a festa do Avante do PCP são polémicas sem sentido e com aproveitamentos políticos da direita que quer condicionar o direito de expressão dos trabalhadores.

Arménio Carlos apontou o dedo a quem fala mal do Avante e questionou a venda de cerca de 30 mil bilhetes que já estão esgotados para o Grande Prémio do Algarve, de Fórmula Um, que se realiza no mesmo mês do Avante.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui