Ex-concorrente do Love On Top agredido em Danceteria no Pinhal Novo

Ítalo Lima afirma ter sido agredido pelo proprietário do clube noturno, o caso envolve pagamento ao ex-concorrente pelo show de strip que realizou no espaço

0
966
FOTO: TV 7 Dias
Tempo de Leitura: 1 minuto

Foi na TV 7 Dias que o ex-concorrente do Love On Top, Ítalo Lima, contou um episódio de violência que sofreu na madrugada de terça-feira, dia 28 de agosto. Tudo aconteceu na danceteria A Sela, situada em Pinhal Novo, onde a vítima costuma habitualmente atuar.

Ítalo Lima e Enzo Carvalho, ambos ex-concorrentes do Love On Top, referem à revista que <<ficaram surpreendidos quando o proprietário do espaço noturno se recusou a pagar o valor inicialmente estipulado pelo trabalho feito naquela noite>>.

Referem ainda que <<fomos trabalhar e, por obrigação, temos de fazer dois shows, que é o combinado. O patrão disse para fazermos só um, porque não queria mais, e depois disse que só tinha metade do cachê>>, disse o jovem brasileiro à revista TV 7 Dias.

Os argumentos por parte do proprietário é que a “casa não estava cheia” e por isso não <<conseguiria pagar mais>>.

Agressão logo a seguir à recusa

Ítalo Lima adianta que <<não aceitaria metade do cachê, pois já noutras ocasiões acontecera o mesmo e que agora não aceitava>>, já Enzo terá aceitado ficar só com metade, mas Ítalo não, e num tom tranquilo o ex-concorrente tentou resolver a situação pedindo o dinheiro todo.

<<Disse-lhe que as coisas não são assim. Que se só me desse metade do cachê, eu pegava em alguma coisa dali com valor, para compensar>> revela em entrevista à revista. Foi nesse instante que a situação subiu de tom e o proprietário insurgiu-se contra aquilo que o ex-concorrente disse. <<Ele veio para cima de mim e começou a falar para mim, apontando o dedo na minha cara>>.

Os ânimos exaltaram-se e a situação ficou fora de controlo, Ítalo garante que o proprietário do espaço lhe deu uma cabeçada no nariz, e que na defesa da agressão, o ex-concorrente do Love On Top também ter-se-á defendido.

A GNR e os Bombeiros de Pinhal Novo foram chamados ao local, a vítima da agressão foi transportado para o hospital onde realizou vários exames. A queixa foi formalizada e agora espera decisão do tribunal.

DEIXE UMA RESPOSTA

Insira o seu comentário
Nome