Atualidade

Evitar comportamentos de risco é uma das conclusões do Primeiro Relatório de 2021 sobre Incêndios

- publicidade -

O Primeiro Relatório de 2021 sobre Incêndios foi realizado em em conjunto com as entidades integrantes do SGIFR- Sistema de Gestão Integrada de Fogos Rurais.

A primeira edição é relativa ao primeiro semestre de 2021 e apela essencial para evitar comportamentos de risco, tais como, evitar queimadas, atirar beatas ou operar máquinas agrícolas em dias quentes secos ou ventosos.

Assim, de acordo com Nuno Banza, do ICNF, houve uma redução de menos 38% do número de incêndios no de janeiro a junho de 2021, em comparação com igual período nos últimos anos,

O Coronel Vítor Caeiro, da GNR, indicou também que a principal causa de incêndios prende-se com o uso incorreto do fogo, deste modo, “se os conseguirmos evitar” comportamentos de risco, “evitamos mais 50 por cento das ocorrências”.

O General Duarte da Costa, da ANEPC, diz também que “todos nós somos proteção civil” e que o “sucesso no combate” aumentava se “não haver um elevado número de ignições”.


Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo

Permita anúncios

Detetámos que utiliza um bloqueador de anúncios.
Apoie o jornalismo sério e considere desativá-lo para o nosso site.
Saiba como desactivar: carregue aqui