Destaque

Eutanásia aprovada no Parlamento

- publicidade -

Após mais de duas horas de debate, foram esta tarde aprovados os diplomas que despenalizam a eutanásia.

No debate, o PAN defendeu que se trata de uma questão de “empatia” e “coragem”, fundamentada  numa lei “séria e rigorosa”. André Silva disse ainda que a vida “inclui por inteiro” o seu fim. “reconhecer a última liberdade individual” de alguém e repetiu que ajudar a morrer é um “ato de bondade”.

Na sua intervenção, Isabel Moreira, deputada do Partido Socialista, disse que o projeto de lei do PS quer “ajudar a morrer” é um ato de “humanismo”. A deputada esclareceu que excluídas as condições previstas nos projetos de lei serão crime, “agora e sempre”, por “imposição constitucional”.

A Iniciativa Liberal defendeu que “até ao último momento ninguém devia decidir a nossa vida por nós”.

O PCP sempre se recusou de ver este debate como guerras do contra e baseia as suas reflexões sem “dogmas ou ideias pré-concebidas”. O Partido Comunista disse que existem “preocupações” que não podem ser ignoradas, dando exemplo dos países da Holanda ou Suíça como situações que não se querem para o nosso país”, em que a vida humana fica “relativizada”.

Já o PSD, referiu que a lei “poderá ganhar asas” e criar a chamada “rampa deslizante”, dando como exemplos a Holanda e a Bélgica. António Ventura defendeu que a vida tem dignidade “em qualquer situação”, lembrando que vários organismos deram pareceres negativos a esta questão. Por outro lado, o deputado André Coelho Lima, também do PSD, justifica o seu apoio à despenalização da eutanásia dizendo que “um Estado que não queira moralizar a sociedade”. Uma lição de republicanismo para os seus colegas de bancada.

O CDS disse que será “chocante instituir a eutanásia” em Portugal. Telmo Correia pediu que sejam rejeitados por não constarem nos programas eleitorais, dizendo que o partido é “favorável” ao referendo.

H


Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo